terça-feira, 10 de maio de 2011

INOCÊNCIA


O meu hábito te encanta
Te enlouquece, te alucina
Mas não sou nenhuma santa
Tenho fogo de menina

Uso roupas comportadas
Mais pareço uma freira
Mas embaixo da mortalha
Vestimentas são faceiras

Você diz que sou pudica
Me coloca no altar
Mas bebendo dessa bica
Você bem que vai gostar

Má Antunes, 07/05/2011.

3 comentários:

  1. Lindissimo trabalho!!! Cris Legat

    ResponderExcluir
  2. Muito bom ter contato com esse escrito novamente! =)

    =*

    ResponderExcluir